MATÉRIA PRIMA (2012)

Foto: Fernanda Abdo

A arte é feita de idas e vindas. É comum em toda manifestação artística uma natureza dúbia de rejeição e posterior retomada de elementos que a caracterizam. Embora seja uma forma de arte relativamente recente, a dança de rua também passa por um movimento semelhante, sendo o momento atual aquele em que a recuperação de elementos básicos da gênese da dança vem sendo considerada algo importante para sua afirmação e evolução.

No Brasil, a recuperação das raízes da dança se torna algo ainda mais relevante, uma vez que aqui, em razão de informações defasadas e equivocadas em relação às danças urbanas, ainda há uma grande confusão quando se trata de definir o que de fato é a dança de rua. Trazer à tona a essência dessa manifestação artística torna-se, portanto, algo vital para que se resolvam de vez esses mal-entendidos e a dança de rua passe a ser melhor compreendida.

Dessa forma, ao elaborar um trabalho como “Matéria prima”, a Cia. Fusion de Danças Urbanas busca recuperar a essência das danças urbanas, sem, entretanto, fazer com que esta perca seu aspecto atual. De caráter autorreferencial, este trabalho é um manifesto em que se afirma a importância de o artista conhecer bem a arte que se propõe a fazer, o que nem sempre acontece no caso da dança de rua. 

Foto: Fernanda Abdo

Numa roupagem moderna que visa à informação e ao entretenimento, a matéria prima das danças urbanas é aqui a base para um trabalho em que se busca uma relação harmoniosa entre velho e novo; entre o tradicional e o inovador; entre o respeito pelas origens e a liberdade criativa; alcançando-se, assim, uma otimização do potencial artístico e criativo das danças urbanas.

No seu processo de feitura, buscou-se, por meio da representação das mais singelas ações, como uma brincadeira de criança, uma grande amizade, manifestações de carinho e de amor, o resgate e o entendimento de quais seriam os ingredientes indispensáveis para que um espetáculo de Danças Urbanas seja provocativo (tanto para outros praticantes dessa arte, quanto para o público em geral), instigante e questionador de alguns “mandamentos” seguidos pelos que tomam esta arte como sua.

 

Foto: Fernanda Abdo

Foto: Fernanda Abdo

Histórico do espetáculo:

 

- Selecionado pelo Edital Cena Música, da Prefeitura de Belo Horizonte, para circulação na cidade (cinco apresentações em Centros Culturais ao longo de 2013).

 

- Contemplado pelo V Prêmio Cena Minas (2012) para circulação nas cidades de Belo Horizonte, Ipatinga, Divinópolis e Congonhas em 2013.


- Apresentado no Festival de Inverno de Itabira (Itabira/MG – 2012), em julho de 2012.


- Apresentado no VI Festival de Arte Negra – FAN (Belo Horizonte-MG ), em junho de 2012.


- Apresentado no Festival Verão Arte Contemporânea 2012 (Belo Horizonte-MG), em fevereiro de 2012.

Ficha técnica:

 

DIREÇÃO - Leandro Belilo 

 

COREOGRAFIA - Criação coletiva 

 

ELENCO - Augusto Guerra, Fabrício dos Santos, Jefferson Siqueira, Jonatas Gonçalves, Leandro Belilo, Victor Alves Vick, Wallison Luiz 

 

VOZ: Isadora Rodrigues 

 

COMPOSIÇÃO DE TRILHA SONORA ORIGINAL E MONTAGEM: Matheus Rodrigues 

 

ILUMINAÇÃO: Edimar Pinto 

 

PRODUÇÃO: Isadora Rodrigues

 

CAFUÁ - Casa Fusion de Arte  |   Rua Brasília, 417, Carlos Prates, BH-MG

Tel.: (31) 3245-0473   

© 2018 Cia. Fusion de Danças Urbanas

Site por Isadora Rodrigues

Logo CCBB.png
  • w-facebook